Federação dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade de Mato Grosso

Sindicalistas se reúnem para apoiar candidato ao senado



 Sindicalistas apresentam documento ao candidato ao senado Wellington Fagundes (PR) 

Representantes da Nova Central Sindical de Trabalhadores de Mato Grosso (NCST/MT) lideranças sindicais e federações do Estado participaram de reunião, na sede da Iromat-Instituto dos Rodoviários de MT, com o candidato ao senado pelo PR, deputado federal Wellington Fagundes. No encontro as lideranças sindicais entregaram ao candidato a Pauta Positiva da Classe Trabalhadora no Congresso Nacional.

Divino Braga, presidente da NCST/MT disse que esse é o momento das centrais sindicais de unirem e apoiarem um candidato que tem comprometimento com a classe trabalhadora, para apontar qual é o mais preparado para atender as reivindicações trabalhistas. “Escolhemos o Wellington porque entendemos que ele pode lutar no Congresso Nacional pelas questões trabalhistas, e vamos cobrar isso”, declarou Divino.

Durante a reunião Wellington disse que se eleito for eleito levará essas reivindicações ao plenário para discutir de forma democrática com os demais companheiros. “Vamos criar a Frente Parlamentar dos Trabalhadores. Este ato é importante, estamos discutindo política com as principais lideranças sindicais de MT”, declarou o candidato. Fagundes também enalteceu seu suplente o professor Manoel Mota (PCdoB). “Mota é um profundo conhecedor das questões sindicais, ele será o elo entre sindicalistas e o senador Wellington”.

Manoel Motta, suplente do candidato Wellington falou da importância das lideranças sindicais para o Estado. “Já fui militante e conheço bem as causas trabalhistas, elas são fundamentais, precisamos dar apoio necessário já que as reivindicações são justas”, afirmou Motta.

O presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Mato Grosso (FETIEMT), Ronei de Lima, disse que é preciso ter um senador que se alie a classe trabalhista, que tenha compromisso com a categoria. “Precisamos ter um parlamentar que de fato pelos direitos dos trabalhadores”, afirmou Ronei.

Ivo Leonio Vilela, secretário geral da NCST/MT também pediu apoio ao candidato. “Esta iniciativa é importante, precisamos que as pautas trabalhistas sejam aprovadas no senado, queremos ser atendidos no Congresso, e ter uma porta aberta entre sindicalistas de MT com um representante de nossas reivindicações”, declarou Ivo.
 
Segue abaixo os itens Pauta Positiva da Classe Trabalhadora no Congresso Nacional, entregue ao candidato.
- Pela manutenção da Unicidade Sindical
-Fim do Fator Previdenciário
-Redução da jornada de trabalho p/ 40 horas semanais sem redução de salário
-Não ao PL 4330 da terceirização
-Manutenção da política de valorização do salário mínimo
-10% do PIB para a Educação
-10% do orçamento da União p/ saúde
-Regulamentação da Convenção 151 da OIT
-Combate a demissão imotivada, com a aprovação da Convenção 158 da OIT
-Igualdade de oportunidades e salários entre homens e mulheres
- Correção da tabela do Imposto de Renda
-Reforma Agrária e Agrícola
- Fim dos leilões de petróleo
- Redução dos juros e do superávit primário
- Valorização das aposentadorias
-Não ao PL 6411/2013 e manutenção da ultratividade das convenções ou acordos coletivos
 - Ampliação do Programa Minha Casa no Campo do governo federal
- Defesa das demais propostas de legislação que defendem o mundo do trabalho
 
Assessoria de Imprensa da NCST/MT
Rosangela Miles
 
 
 

FETRATUH
Federação dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade de Mato Grosso
Av. Senador Metelo nº 755 - Porto - Cuiabá-MT
Desenvolvido pela Angel Sistemas